berinjela assada com gorgonzola

definitivamente um dos meus pratos preferidos. é tipo uma lasanha de berinjela coberta com gorgonzola borbulhante e molhinho de tomate picante…

ingredientes

4 colheres de sopa de azeite

1 cebola roxa picadinha

2 dentes de alho picadinhos

uma lata de tomate pelatti

1 pimenta vermelha picadinha (usei dedo de moça)

um punhado de manjericão fresco

2 berinjelas em fatias grossas

150g de gorgonzola

sal e pimenta

preparo

refogue a cebola e o alho em metade do azeite por 3 minutos. adicione os tomates e a pimenta e cozinhe por uns 10 minutos, até o molho reduzir e dar uma engrossada. depois acrescente o manjericão e acerte o sal e a pimenta (se ainda for preciso mais pimenta, né?)

molho de tomate com pimenta e manjericão

aqueça o restante do azeite numa frigideira grande e pesada e frite as rodelas de berinjela até que fiquem douradas dos dois lados

berinjela tostadinha, nham

chegou a hora de montar o prato: pegue uma assadeira refratária e coloque uma camada de berinjela. cubra com metade do molho e faça outra camada de berinjela. cubra com o restante do molho e o gorgonzola despedaçado. asse no forno pré-aquecido a 200ºC por 15 minutos.

COISA MAR LINDA!

Anúncios

frittata de tomate e ervilha

almocinho rápido de domingo-preguiça, pronto em menos de 20 minutos.

ingredientes

125g de ervilhas frescas ou congeladas. eu prefiro usar ervilha congelada a usar aquelas de lata. o sabor é mil vezes melhor, a textura é mais firme e a cor é mais viva.

2 colheres de sopa de azeite

cebolinha verde fatiada

1 dente de alho picadinho

125g de tomate cereja cortados ao meio

6 ovos (não se assuste, a receita inteira faz 4 pratos)

um punhado de hortelã picadinha

sal e pimenta

preparo

se usar ervilha fresca, cozinhe por 3 minutos em água fervente com sal.

numa panela anti-aderente, refogue as cebolinhas e o alho por 2 minutos e depois acrescente os tomates e as ervilhas.

bata os ovos com a hortelã e tempere com sal e pimenta. espalhe essa mistura sobre os legumes e cozinhe por 4 minutosa, até ficar firme.

o próximo passo você pode fazer de várias maneiras:

– vire a frittata para um prato grande e volte com o outro lado para a panela. como a minha frigideira pesa 98kgs, essa não é uma opção viável.

– tampe a panela, abaixe o fogo e deixe cozinhar mais uns 3 minutos. faço desse jeito, mas só vale se a panela realmente ficar tampada. caso contrário, o ovo não vai cozinhar na parte de cima.

– essa é a dos sonhos: se você tiver um forno com grill elétrico, transfira a panela (se for toda de metal, claro) e cozinhe por mais 3 minutos. dá pra colocar umas raspas de parmesão aqui, o queijo vai derreter e gratinar.

sirva com uma saladinha verde e pronto!

preciso trabalhar nas minhas técnicas de apresentação...

camarão com manga

uma adaptação da receita original de kebab de camarão e manga.

pra começar vou avisar de cara: não sou nem um pouco fã de manga. decidi fazer a receita numas de “ver qualé” e ficou SENSA! às vezes super vale a pena experimentar!

ingredientes

400g de camarão limpo

1 colher de azeite

3 colheres de sopa de suco de limão (siciliano é mais gostoso)

2 dentes de alho amassados (ou ralados)

1 colher de chá de gengibre fresco ralado

1 colher de chá de páprica

1 colher de sopa de mel

1 colher de chá de sal

1 manga em cubinhos (vou entrar nesse assunto daqui a pouco)

preparo

misture os camarões com o azeite, suco de limão, alho, gengibre, páprica, mel e sal e deixe marinando por 15 minutos.

retire da marinada, acrescente os cubos de manga e refogue numa frigdeira bem quente por até os camarões cozinharem.

camarão com molho de manga

o que aconteceu: só usei 1/4 de manga e cortei em cubinhos bem pequenininhos para não sentir muito o gosto na hora de comer… mas como usei uma manga muito madura, quando joguei na frigideira quente com o limão da marinada, os cubinhos de manga derreteram, fazendo um molho ligeiramente adocicado e delicioso!

Pesto

um clássico, em 5 minutos melhora qualquer alface ou macarrão.

Pesto

ingredientes

3 dentes de alho ralados

um punhado de manjericão

2 colheres de sopa de pinoli (não uso, o preço é um abuso. comecei a substituir por castanha de caju, fica uma delícia do mesmo jeito)

1/2 xícara de parmesão ralado (parmesão BOM hein, olha lá)

3 colheres de sopa de azeite

preparo

coloque o alho, manjericão, pinolis e parmesão num processador ou liquidificador e faça um purê. adicione o azeite e misture de novo. acabou.

considerações

eu curto um pesto pedaçudo, então faço tudo na mão. o manjericão é picado com uma mezzaluna, o queijo é ralado grosso e a castanha é quebrada grosseiramente com um martelo de carne ou cabo de faca. 2 minutos a mais de preparo, mas menos louça pra lavar, hahahaha.

meu pesto "pedaçudo", antes de misturar o parmesão

torres de berinjela, tomate e mozzarella

um mimo de acompanhamento…

ingredientes

1 berinjela, cortada em 8 fatias

250g de mozzarella de búfala, cortadas em 8 fatias (usei aquelas em bolinhas)

8 fatias de tomate

2 colheres de sopa de azeite

pesto para servir

preparo

se você tiver uma grelha, grelhe as fatias de berinjela por uns 3 minutos de cada lado. eu usei uma frigideira bem grossa e quente até que elas ficassem douradas, mas sem amolecer.

preparando as torres: unte uma assadeira com o azeite. coloque 4 fatias de berinjela na assadeira, cobertas por uma fatia de tomate e de mozzarella de búfala. repita as camadas, temperando cada uma com sal e pimenta. ao final, segure as torres com um palito no centro. asse em forno pré-aquecido a 200ºC por 10 minutos.

na hora de servir, retire o palito e regue com uma colherada de molho pesto.

torres de berinjela, tomate e mozzarella

lasanha de cogumelo, abobrinha e mascarpone

ingredientes

1/3 xícara de cogumelo seco (é um saquinho desses de 20g que vende no mercado)

400g de cogumelo fresco fatiado

2 abobrinhas fatiadas

3 colheres de sopa de azeite

8 folhas de lasanha (essa é quantidade da receita original, mas vale o bom senso na hora de montar o prato)

2 dentes de alho picadinhos

250g de mascarpone

3 colheres de sopa de dill ou estragão (não tinha, usei manjerona. cozinhar é assim, a gente usa o que tem o armário)

1 colher de sopa de manteiga

sal e pimenta

preparo

coloque o cogumelo seco de molho e água fervente (apenas o suficiente para cobri-los) enquanto você prepara o resto dos ingrediente, mais ou menos uns 10-15 minutos.

misture numa vasilha o mascarpone, alho, dill (ou estragão ou manjerona). eu acrescentei parte da água onde os cogumelos secos ficaram de molho, só pra acentuar o sabor que eu adoro!

refogue os cogumelos frescos e secos (agora reidratados) e abobrinhas na manteiga e metade do azeite por 6-7 minutos. tempere com sal e pimenta.

Abobrinhas e cogumelos

cozinhe as folhas de lasanha aos poucos em bastante água e sal, para que elas não grudem umas nas outras. acho bacana deixar todo o recheio pronto, picado e fatiado à disposição, daí é só ir cozinhando as folhas de massa conforme você for montando o  prato.

dá pra ver que tá toda desbeiçada? pois é.

montando a lasanha: unte um refratário com um fiozinho de azeite e coloque uma camada de massa. gosto de começar com a massa para formar uma base e a lasanha não se desbeiçar na hora de servir (apesar de que, a minha lasanha SEMPRE desaba). coloque 1/3 do recheio e 1/3 da mistura de mascarpone (ele provavelmente vai derreter na hora, NHAM!). cubra com mais uma folha de lasanha e repita até acabar o recheio. leve ao forno pré-aquecido bem quente; como todos os ingredientes estão cozidos, a lasanha fica pronta em no máximo cinco minutos!

NHAM!

considerações

sobre a massa. dê uma olhada nas instruções da embalagem. algumas massas precisam ser cozidas antes de se montar a lasanha, outras podem ser colocadas secas e vão cozinhar com o molho da sua lasanha (obviamente, essas dependem do tipo de recheio). usei uma dessas que cozinham no forno, mas como o meu recheio não tinha muito caldo, preferi fazer o pré-cozimento em água.

sobre a lasanha. não sou muito fã de lasanha e NUNCA peço em restaurantes. as massas mais baratas costumam ser mais grosseiras e pesadas e eu abomino lasanha massuda. pra essa receita usei a marca barilla, fininha, leve, excelente. a quantidade de camadas vai depender do seu gosto pessoal. particularmente, acho que duas camadas de massa (além da base) são o ideal. o prato fica mais leve e o recheio sobressai.

sobre o cogumelo. pode usar cogumelo em conserva? NÃO. N-A-O-TIL. fui clara? não mesmo, champignon em conserva em um horror, é pavoroso. investe em duas bandejinhas de cogumelo fresco, custa mais caro (uns 10 reais cada uma), mas vai compensar no sabor. e outra coisa, nós estamos falando em 20 a 30 reais de ingredientes para fazer 4 PRATOS de alta qualidade, ok? relação custo-benefício mais que excelente, na minha humilde opinião. você pode usar shitake, portobello, cardoncello, pleurotus e até shimeji. o shitake e o portobello são mais carnudos, funcionam bem. eu evitaria o cogumelo paris, que é mais esponjoso, levinho demais (mas foi o que usei nessa receita, era o que tinha no mercado).

kebab

essa receita era originalmente com carne de cordeiro, mas a gente faz do jeito que dá… e o resultado é incrível!

ingredientes

1 pimenta fresca (usei dedo de moça)

1 colher de chá de gengibre fresco ralado

2 dentes de alho picadinhos (eu ralo o alho também)

um punhado de coentro fresco picadinho

um punhado menor de hortelã fresca picadinha

1 colher de chá de semente de cominho

1 colher de chá de coentro em pó

1/2 colher de chá de cravo em pó

1/2 colher de chá de semente de cardamomo picadinha

1 colher de sopa de azeite

450g de carne moída

preparo

quem me conhece sabe que eu sou fã dessas receitas “mistura-tudo-e-põe-pra-assar”, hehe. essa dá só mais um pouquinho de trabalho, porque depois de misturar todos os ingredientes, você precisa separar as porções e moldar os kebabs.

o ideal é assar numa grelha, 3-4 minutos de cada lado, mas eu moldei como hamburguer e fritei numa frigideira mesmo. domingo me dá uma preguiiiiiça…

kebab

para acompanhar, uma colher de chutney de tâmara e tamarindo e cottage temperado com azeite, limão e pimenta do reino moída na hora.